Como o mundo está apostando em Casas Inteligentes.

A Hedro é uma das pioneiras em trazer  tecnologias de ponta para os  brasileiros. O nosso sistema é capaz de integrar a maioria das tecnologias do futuro e transformar sua casa em um ambiente inteligente que vai incorporar todas as opções mais legais do mercado. Confira algumas novidades na reportagem:


Reportagem de Márcio Padrão – Do UOL, em Berlim.

O sonho da casa do futuro está cada vez mais próximo. Muitas das novidades da IFA, a maior feira de tecnologia da Europa, não se espalham por todo o mundo; podem demorar ou mesmo nem chegar ao mercado brasileiro. Mas de qualquer forma é curioso ver o que está acontecendo para ficar por dentro de certas modas ou imaginar como será o cotidiano quando muitos desses inventos se popularizarem.

A feira segue até o dia 7 de setembro, mas já foi possível perceber algumas ideias das marcas para o possível próximo passo na evolução tecnológica: a casa inteligente.

Veja abaixo uma seleção do UOL dos produtos e tendências que se destacaram na IFA em 2016.

Geladeira com tela translúcida, Windows e internet

Stefanie Loos/Reuters

A LG apresentou na feira a Smart Instaview Door-in-Door, uma geladeira com tela touch, Windows 10 e assistente pessoal Cortana. A tela também funciona como painel translúcido, para o usuário saber o que há dentro sem abri-la.

No modo tela, é possível abrir e-mails, acessar sites, ouvir música por dentro e por fora –sim, há um alto-falante dentro da geladeira!– e colocar stickers e lembretes digitais como você já faz há anos com papel. É um conceito bem parecido com o da Samsung Family Hub, que foi apresentada na CES e voltou aqui na IFA. O modelo ainda não tem previsão para ser lançado.

Fornos inteligentes

Os fornos de embutir com habilidades “smart” dominaram a feira. Marcas grandes como Bosch e AEG-Electrolux, ou outras com pouca ou nenhuma representação no Brasil, como Miele, Gallanz e Vestel, trouxeram modelos com telinhas que mostram temperatura do fogo, alarmes que desligam a comida no tempo certo do cozimento, listas de receitas e sensores que medem temperatura interna da comida –você enfia um espeto de metal na comida e assim medirá se a carne está perto de chegar no ponto.

Aplicativos que controlam a casa toda

O mais fascinante de tudo é que algumas das geladeiras e fogões descritos nos itens acima já podem ser controladas via aplicativo móvel. Seja na forma de apps próprios, como no caso da AEG e Samsung, ou com apps que atende a várias marcas, como a solução Home Connect, usada por Bosch e Siemens, a ideia é que você consiga de seu trabalho colocar a cerveja para gelar mais rápido ou pré-aquecer e apagar o forno se saiu e deixou ligado sem querer.

Há outras possibilidades a explorar dessa forma, como ar condicionado, cafeteiras e sensores de movimento.

Lavadora de roupas com wi-fi e ciclos que preservam a roupa

Márcio Padrão/UOL

A nova série 9000 da AEG, que também tem conexão via wi-fi e é controlada pelo aplicativo My AEG, traz uma série de recursos para criar ciclos melhor adaptados para os diferentes tipos de tecidos.

O app também é bem didático para quem não entende muito bem os símbolos nas etiquetas das roupas que informam como lavá-las direito. Dessa forma, a empresa promete ciclos bem suaves que preservam as cores e as fibras dos tecidos mais sensíveis, além de informar pelo app o tempo total da lavagem de forma regressiva.

Hubs e robôs assistentes

Márcio Padrão/UOL

Robozinho Mykie conversa de fato com você

Se a tal smart home se tornar verdade, ainda não se sabe ao certo como tudo será controlado. Apps para celular parecem ser uma sugestão mais viável, mas há marcas que também acreditam em um aparelho físico, chamado de “hub”, centralizando e controlando os eletrodomésticos.

A LG, por exemplo, mostrou novamente o Smart ThinQ, que é um pequeno cilindro que faz isso e também não dispensa o app, existente para iOS e Android. Já a Bosch e Siemens mostraram o robozinho Mykie, que conversa de fato com você, com sua cara digital e olhos redondos, e te dá sugestões de receitas e encomenda online os ingredientes que faltam, por exemplo.

Lavadora de roupas com novas técnicas

A Samsung mostrou novamente em sua linha premium de lavadoras o conceito de Air Wash, apresentado pela primeira vez em 2014. Este sistema faz lavagem a seco com ar quente e frio, mais um duto de condensação para eliminar a sujeira da roupa.

Mas não é só: a Samsung propõe um combo de um ciclo de Air Wash com outros conceitos como o AddWash, que permite acrescentar peças de roupa esquecidas em qualquer momento do ciclo, e o Ecobubble, que dissolve o sabão com ar e água antes do início do ciclo, gerando bolhas que penetram no tecido de forma mais rápida do que o sabão concentrado.

Robôs esfregão e limpador de vidros

Márcio Padrão/UOL

Braavia Jet, da iRobot

Os robôs que varrem o chão da casa estão se popularizando aos poucos, mas a IFA mostrou novos poderes para esses pequenos diaristas: o modelo Braavia Jet, da iRobot, consegue esfregar pisos com um pano úmido atrelado a ele. Já o Winbot, da Ecovacs Robotics, é um limpador de vidros automático. Ambos são um pouco lentos ainda, é verdade, mas já quebram um galho. O Winbot já pode ser encontrado na Amazon por US$ 449, e o Braavia Jet, por US$ 169.

Hub que controla o “humor” da casa

Márcio Padrão/UOL

Diferentemente dos hubs descritos acima, o Harmony Pop Home Switch da Logitech se propõe a ser bem mais simples. Com ele você controla com toques simples de botão, em um pequeno controle quadrado sem teclas à vista, a iluminação, música e até liga a televisão.

A comunicação entre eles é via bluetooth, mas com compatibilidade restrita a algumas marcas e modelos, como a linha de iluminação Hue da Philips e os aparelhos de som Sono. Está a venda a partir de US$ 39 a US$ 99 nos EUA.

Sensores que controlam sua cozinha

Márcio Padrão/UOL

A Bosch apresentou um conceito de cozinha em que diversos tipos de sensores gerenciam e regulam o ambiente. No fogão, por exemplo, a solução PerfectFry impede que a comida seja queimada, abaixando o fogo quando o nível de fumaça está alto demais.

O sensor PerfectAir, por sua vez, entraria em ação para sugar o excesso de fumaça imediatamente. Tudo isso, por enquanto, é protótipo sem data de lançamento.

Fonte: UOL Notícias Tecnologia

http://https://www.youtube.com/watch?v=eIKnN1bmKuY